jusbrasil.com.br
15 de Dezembro de 2017

Tendências e oportunidades para advocacia em 2017

Confira as carreiras jurídicas que estarão em alta no mercado de trabalho para o próximo ano.

Material Juridico, Advogado
Publicado por Material Juridico
ano passado

Tendncias e oportunidades para advocacia em 2017

Pesquisa realizada pela revista Exame apontou as 65 carreiras mais promissoras em 2017, segundo consultores de recursos humanos ouvidos pelo periódico. Entre as posições com boas perspectivas para o próximo ano, estão 5 na área jurídica. Confira:

Advogado especializado em compliance

O especialista em compliance tem como principal função verificar se as leis e regulamentos externos e internos são cumpridos pela empresa, além de promover a manutenção de boas práticas.

Segundo consultores de recrutamento, mais do que a formação técnica, as competências comportamentais têm peso significativo para esse mercado. “O profissional de compliance deve ter perfil investigativo, discrição, autonomia e retidão de conduta”, resume Camila Dable, da consultoria Salomon, Azzi. Como atualmente a maioria das posições desse mercado está em multinacionais, inglês fluente é imprescindível.

A carreira é relativamente nova no Brasil, e foi consolidada com o advento da lei anticorrupcao, de 2013. Segundo Dable, a América Latina sempre teve um modelo pouco ortodoxo nas negociações público-privadas, o que trouxe desconfiança dos investidores em relação ao Brasil. Diante das transformações globais, a exigência por maior transparência e adesão às normas se traduz em oportunidades para especialistas em compliance. Rafael Revert, da Core Executive, indica que especificamente indústria farmacêutica tem demandado profissionais de compliance.

Advogado especializado em fusões e aquisições

O advogado especialista na área atua na intermediação das negociações que envolvem compra e venda de empresas. O perfil desejado é do profissional que possui graduação em direito e pós-graduação em direito societário ou empresarial. Inglês fluente é indispensável, ao passo que conhecimentos de espanhol também têm sido cada vez mais demandados. Além de boa formação técnica, experiência com fusões e aquisições também é fundamental.

Com a nova configuração política econômica, a desvalorização do real e a volta da confiança do mercado, as empresas brasileiras se tornam mais atrativas para os investidores, o que alavanca as operações de fusões e aquisições e cria oportunidades para advogados especializados no assunto, explica Camila Badaró, da Salomon, Azzi.

Advogado especializado em recuperação judicial

O profissional é responsável por representar as companhias sem condições de honrar seus compromissos financeiros, com o objetivo de evitar sua falência. A formação desejada é em direito, com especialização e/ou mestrado na área cível e de processo civil.

Segundo Renato Sapiro, da Salomon, Azzi, a crise econômica enfrentada pelo Brasil faz com que muitas empresas em dificuldades financeiras busquem esse mecanismo jurídico como forma de sobreviver. O resultado é a abertura de cada vez mais oportunidades de trabalho na área, ainda mais diante da natureza complexa do processo de recuperação judicial.

Advogado especializado em contencioso

O advogado contencioso trabalha em disputas ou conflitos de interesse das mais diversas naturezas, como cíveis, trabalhistas e tributárias, perante o poder judiciário. O perfil é graduado em direito, com especialização e/ou mestrado nas áreas cível, trabalhista, tributário e de processo civil.

O número de processos aumentou vertiginosamente em decorrência da crise enfrentada pelo país nos últimos anos. “Pelo contexto econômico e pela própria cultura litigiosa do brasileiro, a área contenciosa se sobressai em detrimento da área consultiva, o que intensifica a busca por especialistas”, avaliam Fábio Salomon e Bianca Azzi, da consultoria Salomon, Azzi.

Advogado de consultoria tributária

Este profissional atua no suporte em questões estratégicas às áreas jurídica, financeira e de operações de M&A (fusões e aquisições). O perfil é de graduado em direito, com pós-graduação em direito tributário. Inglês fluente é indispensável. Além da formação técnica, experiências em consultorias do grupo “Big Four” ou em escritórios de renome são muito valorizadas.

De acordo com Bernardo Leite, da Salomon, Azzi, a crise econômica faz aumentar o apetite do fisco. “Há necessidade de uma maior atenção ao planejamento tributário e desenvolvimento de teses que evitem novas autuações, além de uma busca cada vez maior pelo aproveitamento de créditos tributários”, explica ele. A previsão de um grande volume de fusões e aquisições também contribui para o aumento na demanda desse profissional. Além disso, a vigência da Lei de Repatriação de Recursos e a abertura de uma nova janela para regularização em 2017 abrirão oportunidades para advogados com especialização e experiência em tributação internacional, completa Leite.

Comece 2017 com uma Nova Tese para o seu escritório. Acesse o Material para Restituição do ICMS corado na Conta de Luz

Tendncias e oportunidades para advocacia em 2017

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Muito esclarecedor e particularmente útil para formandos que planejam seu futuro profissional continuar lendo